Dicas e Tutoriais Aldney Emidio

5 Curiosidades Sobre o PIX que Você Precisa Conhecer

O Banco Central lançou oficialmente o PIX no dia 16 de novembro de 2020. A seguir, você vai ver 5 curiosidades sobre o PIX que você precisa conhecer.

Afinal, parece que o TED agora já virou coisa do passado.

Além de beneficiar os bancos, a nova tecnologia oferecida pelo Banco Central também trás agilidade, rapidez e custo praticamente zero ao usuário final.

Portanto, baseado nas principais dúvidas dos clientes dos principais bancos, fiz uma lista com as principais curiosidades sobre esse tema.

1 – Transferência 24 horas por dia, todos os dias da semana

Ao contrário das transferências via TED, que só funcionava em dias úteis e horários comerciais, as transferências com o PIX passam a funcionar 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Além de poder fazer transferências, agora também já é possível pagar boletos e até usar QR Code para fazer transações com mais praticidade.

Com certeza essa é uma tecnologia que está revolucionando a maneira como lidamos com nossas contas bancárias. No entanto, tanta facilidade pode acabar deixando muita gente endividada, não é?

2 – Pagamento de boletos instantâneos

O que antes era um meio de pagamento excelente, agora ficou melhor ainda.

Antes, quando faziamos pagamentos via boleto bancário, teríamos que esperar até dois dias úteis para que o boleto fosse compensado.

Contudo, depois do lançamento do PIX, suas compras via boleto bancário serão compesadas na hora.

No mesmo instante em que você pagar um boleto, logo verá uma mensagem de confirmação dizendo que o seu pagamento foi confirmado.

3 – Custo praticamente zero nas transações

Uma das principais dúvidas de muitos usuários é: Quanto vou ter que pagar para usar o PIX?

A boa notícia é que o custo atualmente é praticamente zero, independente de qual seja o seu banco, ou tipo de conta: Conta Corrente ou Poupança.

Eu, por exemplo, tenho uma conta poupança da Caixa e estou usando o PIX com o custo de zero em minhas transações. Também tenho uma conta corrente no Bradesco, que também tem taxa zero em minhas transações via PIX.

Muito bacana, não é mesmo?

4 – Mais simplicidade na hora de fazer a transação

Para fazer uma transação era necessário preencher um formulário com e-mail, CPF, dados de cartão de crédito, etc.

Ao usar o PIX, o usuário só precisa colocar uma chave, uma descrição “opcional” e o valor que deseja enviar.

Logo, quando você digitar a chave do seu destinatário, aparecerá: o nome da pessoa, ou empresa, CPF ou CNPJ, e o nome da instituição financeira.

E, falando sobre as chaves, ela deve ser única entre as contas dos diferentes bancos que você possui.

5 – Chaves para diferentes bancos

As chaves PIX serão usadas para fazer as transações entre os bancos. As chaves podem ser: o seu e-mail, telefone, CPF, ou uma chave aleatória.

A dúvida de muitas pessoas era: Será que é possível usar a mesma chave em mais de um banco? A resposta para esse pergunta é não.

Portanto, se você tem conta em vários bancos, então pode cadastrar o seu CPF em um banco, seu e-mail em outro, seu telefone em outro, e assim por diante.

Claro, você também pode ter mais de um e-mail, ou telefone se quiser.

Se você fez besteira, como eu logo no início do lançamento do PIX, se cadastrou um monte de chaves em o único banco, não problema.

Ainda bem que, com o PIX existe uma certa portabilidade. Assim, é possível apagar uma chave e cadastrar em outra instituição financeira, se assim você achar necessário.

Esse é o PIX que está dando o que falar. Espero que esse conteúdo tenha tirado suas principais dúvidas.

A seguir, vou deixar um vídeo que mostra como fazer transferência PIX entre os bancos: Caixa Econômica Federal e Nubank.

Enfim, essas são as 5 curiosidades sobre o PIX que você precisava conhecer, se tiver alguma dúvida é só deixar aí nos comentários. Forte abraço!

Aldney Emidio

Sobre o autor | Website

Blogueiro, YouTuber, usuário de Linux, apaixonado por SEO, Marketing e Tecnologia.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.